Busca:
Acesso Rápido:

Governança Corporativa Conselho de Administração, Diretoria e Conselho Fiscal

Conselho de Administração, Diretoria e Conselho Fiscal

De acordo com o Estatuto Social da Lupatech, a Companhia é administrada pelo Conselho de Administração e pela Diretoria, composta pelo Diretor Presidente, o Diretor de Relações com Investidores e demais Diretores sem designação específica. O Estatuto Social da Lupatech prevê o Conselho Fiscal de funcionamento não permanente, composto de, no mínimo 3 e no máximo 5 membros, com igual número de suplentes, devendo ser instalado nos exercícios sociais a pedido dos acionistas da Companhia. 
 

Conselho de Administração

O Estatuto Social da Lupatech prevê que o Conselho de Administração seja composto de no mínimo 5 (cinco) e no máximo 9 (nove) membros, e até igual número de suplentes. O Conselho de Administração deverá ser composto, em sua maioria, por Conselheiros Independentes, eleitos pela Assembléia Geral de Acionistas, com mandato unificado e com duração de 2 anos, permitida a reeleição. Excepcionalmente e para fins de transição, quando o Poder de Controle da Companhia passar a ser exercido de forma difusa, conforme definido no Estatuto Social da Lupatech, os membros do Conselho de Administração poderão ser eleitos uma única vez, com mandato unificado de até 3 anos.

Os membros do Conselho de Administração da Lupatech devem ser residentes no País. As competências do Conselho de Administração incluem a definição da orientação geral dos negócios da Companhia, a eleição dos diretores e a supervisão da administração.

Nome Data de Eleição Cargo
Carlos Mario Calad Serrano 13/12/2016 Conselheiro Efetivo
Celso Fernando Lucchesi 13/12/2016 Presidente do Conselho de Administração
Rafael Gorenstein 13/12/2016 Conselheiro Efetivo
Ricardo Doebeli 13/12/2016 Conselheiro Efetivo
Simone Anhaia Melo 13/12/2016 Conselheiro Independente Efetivo

Carlos Mario Calad Serrano. Engenheiro elétrico pela Universidade de Los Andes, em Bogotá, possui cursos de Coaching Certification e Creating Breakthrough Strategies pela Universidade de Columbia, Gestão Estratégica de Marketing, na Universidade de Stanford e Harvard. Foi executivo sênior da Archer, empresa internacional da Indústria Serviços de Petróleo e Gás e ocupou posições de gestão em empresas internacionais e nacionais de petróleo na América Latina, Espanha e Ásia.

Celso Fernando Lucchesi. Graduado em Geologia pela UFRGS em 1972, desenvolveu-se em gestão empresarial através de cursos na Fundação Dom Cabral (PGA), Insead e Wharton School. Ingressou na Petrobras em 1973, onde foi Superintendente Executivo de E&P, Diretor Gerente e membro do Comitê de Negócios, e responsável pelas atividades de Estratégia Corporativa e Desempenho Empresarial entre 2003 e 2011, incluindo planejamento estratégico, elaboração dos planos de negócios, orçamento, desempenho e análise de projetos de investimentos. 
Atuou como Vice-Presidente do Comitê Brasileiro do Conselho Mundial de Energia de 20013 a 2012, Membro do Conselho de Administração da Petroquímica Paulínia (PPSA) de 2005 a 2008 e Consultor Sênior da Schlumberger Business Consulting (SBC) de 2013 a 2015. 

Rafael Gorenstein. Engenheiro de Mecânica Aeronáutica graduado pelo ITA, Mestre em Engenharia Teoria de Controle e Estatística pela PUC-RJ e MBA pelo Imperial College, Londres. Atuou como executivo financeiro em Banco de Investimento e em várias empresas de grande porte dos setores imobiliário, têxtil, de bebidas e de telecomunicações. Acumula relevante experiência como consultor em reestruturação de empresas em distress e em renegociação de passivos. Atualmente está aposentado e tem se envolvido em consultoria independente, desenvolvimento de negócios e atividades sociais na Argentina e no Peru.

Ricardo Doebeli. Graduado em Administração de Empresas pela FURB – Fundação Universitária da Região de Blumenau – SC e MBA em Administração Geral pelo IBMEC – Instituto Brasileiro de Mercados e Capitais – São Paulo – SP. Atua há 18 anos em consultorias especializadas em projetos de reestruturação e melhoria de performance e acumula experiência como executivo nas áreas administrativa, financeira e comercial. Tem passagem pela Galeazzi & Associados, consultoria em que atuou como sócio, e pelo Supermercado Gimenes, Tend Tudo e Pierre Alexander, empresas em que assumiu a gestão interina como CEO. Ingressou na Lupatech, como Diretor Presidente em 2013, após exercer o cargo de sócio diretor na GG Investimentos, onde liderou diversas frentes de negócio de private equity e participou como gestor e conselheiro nas empresas investidas. 

Simone Anhaia Melo. Graduada em Biologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1988, pós-graduada em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos e cursos nível doutorado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, tais como Direito Ambiental e Política Ambiental. Realizou, ainda, Curso de Regulação (PRO-REG) pela London School of Economics em 2010 e Curso de Análise de Impacto Regulátório OCDe (PRO-REG/Programa de Treinamento Banco Mundial) em 2013. Exerceu ainda os seguintes cargos (i) Gerente e Pesquisadora no Laboratório de Gestão Ambiental da Embrapa entre 1995 e 2002; (ii) Gerente Ambiental da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre 2002 e 2007; (iii) Assessora Sênior da ANP entre 2007 e 2013. Atualmente, atua como consultora no setor de Óleo, Gás e Biocombustíveis. 

Conselho Fiscal

De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o conselho fiscal é o órgão societário independente da administração e dos auditores externos. O conselho fiscal pode funcionar tanto de forma permanente quanto de forma não permanente, caso em que atuará durante um exercício social específico quando instalado a pedido dos acionistas que representem, no mínimo, 2% das ações com direito a voto e cada período de seu funcionamento terminará na primeira assembléia geral ordinária após a sua instalação.

As principais responsabilidades do conselho fiscal consistem em fiscalizar as atividades da administração, rever as demonstrações financeiras da companhia e reportar suas conclusões aos acionistas. A Lei das Sociedades por Ações exige que os membros do conselho fiscal recebam remuneração de, no mínimo, 10% do valor médio pago anualmente aos diretores da companhia. A Lei das Sociedades por Ações também exige que o Conselho Fiscal seja composto por, no mínimo, três e, no máximo, cinco membros e seus respectivos suplentes.

De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o Conselho Fiscal da Lupatech não poderá conter membros que (i) sejam membros do seu Conselho de Administração; (ii) sejam membros da sua Diretoria Executiva; (iii) sejam empregados, de sociedade controlada ou sob seu controle comum; ou (iv) sejam cônjuges ou parentes até o terceiro grau de qualquer membro da Administração da Companhia.

O Estatuto Social da Lupatech prevê o Conselho Fiscal de caráter não permanente, eleito unicamente a pedido dos acionistas da Companhia em assembleia geral. Para o presente exercício, até o presente momento, não foi solicitada a instalação do Conselho Fiscal pelos acionistas.

Diretoria Executiva

O Estatuto Social da Lupatech prevê que a Diretoria seja composta por até nove membros, acionistas ou não, residentes no País. Os diretores são responsáveis pela execução das decisões do Conselho de Administração e pela administração direta da Companhia.

A Diretoria é composta atualmente por 3 diretores eleitos pelo Conselho de Administração, com mandato de um ano, renovável por igual período, acionistas ou não.
 

Nome Data de Eleição Cargo / Designação
Ricardo Doebeli 07/02/2013 Presidente e de Relações com Investidores
Carlos Mario Calad Serrano 18/02/2013 Diretor de Serviços
Edson Antônio Foltran 18/02/2013 Diretor de Supply

Ricardo Doebeli. Graduado em Administração e com MBA em Administração Geral pelo IBMEC, foi sócio da GG Investimentos por 5 anos atuando em diversas frentes do negócio de Private Equity. Foi sócio da Galeazzi & Associados, onde trabalhou por 13 anos, conduzindo projetos de reestruturação e melhoria de performance. Com larga experiência em planejamento, acumula experiência como executivo nas áreas administrativa, financeira e comercial. Foi CEO das empresas Supermercado Gimenes, Tend Tudo e Pierre Alexander, em processos de gestão interina e participou na análise de investimentos de projetos em diversos setores. Participou ativamente em diversos conselhos.

Carlos Mario Calad Serrano. Engenheiro elétrico pela Universidade de Los Andes, em Bogotá, possui cursos de Coaching Certification e Creating Breakthrough Strategies pela Universidade de Columbia, Gestão Estratégica de Marketing, na Universidade de Stanford e Harvard. Foi executivo sênior da Archer, empresa internacional da Indústria Serviços de Petróleo e Gás e ocupou posições de gestão em empresas internacionais e nacionais de petróleo na América Latina, Espanha e Ásia.

Edson Antônio Foltran. Administrador formado pela Universidade Metodista do Estado de São Paulo com curso de pós-graduação e extensão em finanças corporativas pela Fundação Dom Cabral e em supply chain pela Fundação Getúlio Vargas. Foi diretor de compras e abastecimento na Schlumberger Serviços de Petróleo Ltda., diretor de compras e logística na Delga Automotiva Indústria E Comércio Ltda., Visteon Sistemas Automotivos Ltda. e Lear Corporation; e Gerente de International Process Office para a américa do sul na Delphi Automotive / General Motors do Brasil e Argentina).

 
Última Atualização: 17 de outubro de 2014.

 

 

 

 
Lupatech S.A. 2009 - Todos os direitos reservados Política de Privacidade | Termos e Condições
Lupatech
2009-06-15T14:39:17
2009-06-24T11:55:40